Colaboração: Portal Dicas e Notícias

0e9194_c5ae8bc91e11450389b3cfccd441c08c

Consumo consciente está na moda!

Originalmente publicado no portal Dicas e Notícias. Foto: Google Imagens
27.04.2016

Por: Renata Maria

Acabamos de sair da Fashion Revolution Week, a semana que antecedeu a celebração do Fashion Revolution Day, em 24/abril. Muito se tem ouvido falar em moda ética e sustentável e a tendência é que a consciência do consumidor continue questionando cada vez mais e a indústria, por sua vez, reformule sua forma de produção para responder eticamente aos questionamentos.

Ao contrário do que muita gente pensa, o norte de quem luta por uma moda mais ética não é combater radicalmente o consumo, mas torná-lo saudável. Como?

Questione!

Questione as marcas que costuma usar: Envie e-mails, faça contato pelas redes sociais, demonstre sua preocupação em saber quem, como e a qual custo fez suas roupas. Denuncie, combata todo e qualquer tipo de exploração. Existe um aplicativo chamado Moda Livre que pode ajudar na pesquisa.

Questione a si mesmo: Promoções são feitas para incentivar o consumo, as campanhas estão ali e apenas fazem  o seu papel, cabe a nós a decisão de compra. Pergunte-se “eu realmente necessito fazer essa compra?”, “Porque estou comprando?”, “Como e onde poderei usar essa peça?”, “Essa compra basta ou terei que comprar outras peças para poder usar com essa?”.

Quando questionamos, refletimos e a reflexão nos permite despertar a razão. Buscar um pensamento racional é muito importante no momento da compra, justamente para equilibrar toda a emoção que vem à tona quando estamos diante de uma peça linda e uma propaganda mais encantadora ainda.

Antes de comprar olhe para o que já tem!

Quem nunca soltou a famosa frase “não tenho o que vestir”, diante de um guarda-roupa lotado? Aqui mais uma vez é preciso chamar a razão. Também é preciso permitir-se ousar, testar, experimentar: novas combinações multiplicam as possibilidades!

Lembre-se: “Quem não é visto, não é lembrado”. Faça uma limpeza no armário, isso ajuda a visualizar o que temos nele e deixamos de usar sempre as mesmas peças.

Valorize brechós e marcas locais!

Comprando ou trocando suas roupas em brechós é possível economizar muito e ajuda consideravelmente a economia local, da mesma forma que comprar de marcas locais, incentiva o pequeno produtor, além de garantir certa exclusividade no guarda-roupa. Existem marcas incríveis e, até o momento, pouco conhecidas bem pertinho da gente. Comprando dessas marcas, estamos ajudando a mantê-la, passamos a financiá-la.

Essas são algumas dicas para adotar uma postura mais ética perante a moda. Existem muitas outras.

Faça você também a diferença. Dê pequenos passos, questione, informe-se, diga não às marcas que exploram o ser humano e o meio ambiente. Todos os pequenos passos juntos, causam um grande impacto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s